Sábado, 05 de abril de 2014 03:00 pm

Adeus, Wilker


José Wilker morreu de enfarte, enfarto ou infarto? Tanto faz. Existem as três formas.

Votos:
Tags: dad    dicas    português    grafia    josé  wilker    enfarte    enfarto    infarto 

|

Sábado, 05 de abril de 2014 12:00 am

Diquinhas infantis 12


Sherazade e as 1.001 noites


Shariar era o rei da Pérsia. Um dia descobriu que a mulher dele tinha um namorado. Furioso, mandou matar os dois. Mas não ficou satisfeito. Decidiu se casar todas noites com uma noiva. Na manhã seguinte, mandava matá-la pra não ser traído. Era uma tristeza.

Como acabar com aquela barbaridade? Sherazade, a bela e esperta filha do primeiro-ministro, teve uma ideia. Pra aplicá-la, tinha de se casar com o rei. O pai não queria de jeito nenhum. Mas ela insistiu. Ele aceitou. Na primeira noite, a jovem começou a contar uma história fabulosa. Interrompeu-a na parte mais interessante.

Pra conhecer o final, o rei não a matou. Na noite seguinte, a rainha terminou a primeira história e começou outra. Interrompeu-a no clímax. Na noite seguinte, terminou-a e começou outra. E assim se passaram 1001 noites. O rei, apaixonado, desistiu de matar a rainha. Dizem que ela conta histórias até hoje. Ele não se cansa de ouvir.


Sabia?

Em 1935, a Pérsia mudou de nome. Virou Irã.


Não é

Muitos pensam que o Irã é país árabe. Não é. Só é árabe o país que fala árabe. O Irã fala persa.


Mil e uma noites


Você conhece Ali Babá e os 40 ladrões, Aladim e a lâmpada maravilhosa, Simbá, o marujo? São histórias que Sherazade contou pro marido. Elas e as outras estão no livro As mil e uma noites.


As persinhas


O persa enriqueceu o português. Nossa língua tem muitas palavras do reino de Sherazade. Algumas delas: laranja, limão, berinjela, pijama, tafetá, cáqui, quiosque, divã, lilás, jasmim, chacal, caravana, bazar, xeque-mate.


Agora você


Pesquise na internet uma palavra de origem persa. Escreva-a e, depois, desenhe-a lindamente. Vamos lá?

Votos:
Tags: dad    dicas    português    diquinhas  infantis    sherazade    irã    1.001  noites 

|

Sexta-feira, 04 de abril de 2014 04:00 pm

Cochilos da revisão



Flatônio José da Silva


No título "Vai ter Copa! Mas nada de feriados..." (Primeira Página), saiu este texto:

"No GDF, haverá ponto facultativo após às 12h quando houver partidas no Mané Garrincha" .

Corrigindo:
No GDF, será ponto facultativo após as 12h quando houver partidas no Mané Garrincha .

Explicação -- (a) Para evitar a repetição do verbo haver , substituir haverá por será ; (b) Erro de crase: como o "as" é artigo definido que acompanha a indicação de horas, o acento grave sobra. Na frase, aparece esta sequência: após (preposição) + as (artigo definido). Veja outros exemplos da espécie: A reunião foi marcada para as 17h. / O repórter está no aeroporto desde as 10h. /  Saiu de casa após o meio-dia. / o réu compareceu perante a juíza .

Votos:
Tags: dad    dicas    português    cochilos  da  revisão    flatônio  josé  da  silva  crase 

|

Sexta-feira, 04 de abril de 2014 11:00 am

Erramos


“Para piorar a situação, as Vossas Excelências não têm priorizado assuntos que dominaram a pauta de reivindicações”, escrevemos na pág. 2. Viu? Dois tropeços sobressaem no período. Um: pronome de tratamento iniciado por vossa rejeita o artigo. O outro: Vossa Excelência se refere ao ser com quem se fala. A frase exige Sua Excelência. Melhor: Para piorar a situação, Suas Excelências não têm priorizado assuntos que dominaram a pauta de reivindicações.

Votos:
Tags: dad    dicas    português    erramos    pronome  de  tratamento    artigo    vossa  excelência    sua  excelência 

|

Sexta-feira, 04 de abril de 2014 08:00 am

É macho


"Entre as mais de 5 milhões de provas", disse o Bom-Dia, Brasil . Bobeou. Milhão é masculino. A forma nota 10: Entre os mais de 5 milhões de provas...

Votos:
Tags: dad    dicas    português    bom-dia  brasil    gênero    milhão 

|

Sexta-feira, 04 de abril de 2014 12:00 am

Leitor pergunta


Ao ler matéria sobre o Enem, fiquei em dúvida com a seguinte frase: "Com esses dados, podemos ver que, na verdade, aproximadamente metade das escolas privadas atingiram a pontuação que a maioria das escolas públicas não conseguem". A frase está correta? Metade das escolas atingiram? A maioria das escolas não conseguem? (Valdo Trindade)


Trata-se do partitivo. No caso, o verbo pode concordar com o núcleo do sujeito (metade, maioria) ou com o complemento (escolas privadas, escolas públicas). É acertar ou acertar: Com esses dados, podemos ver que, na verdade, aproximadamente metade das escolas privadas atingiram (atingiu) a pontuação que a maioria das escolas públicas não conseguem (consegue).

Votos:
Tags: dad    dicas    português    concordância    partitivo    metade  de    a  maior  parte  de    leitor  pegunta 

|

Quinta-feira, 03 de abril de 2014 06:00 pm

Erramos


"Aprovados nas comissões, os projetos seguem para a reunião de líderes, às 14h30, onde será decidido o que entrará na pauta de votação do dia", escrevemos na pág. 19. Reparou nos tropeços? São dois. Um: o pronome relativo. Onde indica lugar físico. Não é o caso. O outro: tempo verbal. O futuro usurpa o lugar do presente. Não pode. Melhor: Aprovados nas comissões, os projetos seguem para a reunião de líderes, às 14h30, quando é decidido o que entrará na pauta de votação do dia.

 

Votos:
Tags: dad    dicas    português    erramos    tempo  verbal    pronome  relativo    onde    quando    estrutura  de  frase 

|

Quinta-feira, 03 de abril de 2014 02:00 pm

Santa dúvida


A beatificação de José de Anchieta movimentou as redações de jornais e tevês. Velha dúvida veio à tona. Trata-se da grafia de catequizar . A questão: se ela deriva de catequese, por que se escreve com z, não com s? Muitos lembraram exemplos pra lá de conhecidos. É o caso de análi s e (anali s ar), ca s a (ca s ar), pesqui s a (pesqui s ar), cami s a (encami s ar).


Guarde isto. O sufixo -isar não existe. O sufixo formador de verbos é -ar. Ele se cola ao s do radical da palavra: analiS ar , caS ar , pesquiS ar , atraS ar .


Catequizar joga em outro time. O sufixo -ar não se cola ao s. Se se colasse, o verbo seria catequesar . Não é. Abre-se, então, a porta para a entrada do sufixo -izar — catequ izar . Exemplos pululam na língua: síntese (sintetizar), canal (canalizar), civil (civilizar), colônia (colonizar), cânon (canonizar).

Votos:
Tags: dad    dicas    português    formação  de  palavras    sufixo    isar    izar    catequizar 

|

Quinta-feira, 03 de abril de 2014 12:00 pm

Cochilos da revisão


Flatônio José da Silva


No título "Juro é maior que na posse de Dilma", saiu este texto:

"Com a nona elevação seguida, definida ontem pelo BC, a taxa Selic chega a 11% e já supera  à da época em que Dilma assumiu a Presidência" .

Corrigindo: ...e já supera a da época em que Dilma assumiu a Presidência .

Explicação -- Erro de crase: o acento grave sobra porque o "a" é simples pronome demonstrativo (equivale a "aquela" e substitui "a taxa Selic"): ...e já supera a taxa Selic da época em que Dilma assumiu a Presidência .  Note que o verbo "superar" é transitivo direto, ou seja, não exige a preposição "a", indispensável à ocorrência de crase.

Votos:
Tags: dad    dicas    português    cochilos  da  revisão    flatônio  josé  da  silva  crase 

|

Quarta-feira, 02 de abril de 2014 04:35 pm

Erramos


"No dia em que eu fiz aniversário, foi estranho, como se eu a tivesse perdido ela pela segunda vez", escrevemos na capa do Diversão &Arte . Reparou? O ela sobra. Xô! Melhor: No dia em que eu fiz aniversário, foi estranho, como se eu a tivesse perdido pela segunda vez.

Votos:
Tags: dad    dicas    português    erramos    estrutura  da  frase 

|

Quarta-feira, 02 de abril de 2014 03:53 pm

Fale certo

Votos:
Tags: fale  certo   

|

Quarta-feira, 02 de abril de 2014 12:00 pm

Crase

 

Médico Gisleno Feitosa, zeloso cultivador literário, extraiu da internet interessante curiosidade sobre o uso da crase:

      
1-Diante de pronome, a crase passa fome
2- Diante de masculino, crase é pepino
3- Diante de ação, crase é marcação
4- Palavras repetidas, crases proibidas
5- A+AQUELE = crase nele 6
6- Vou a, volto da = crase há
7- Vou a – volto de = crase pra quê?
8 – Diante de cardinal, crase faz mal
9- Sendo “à moda de”, crase vai vencer
10- Locução adverbial feminina --  manda crase, meu irmão.

(Colaboração de Paulo José Cunha)

Votos:
Tags: dad    dicas    português    crase    repente    paulo  josé  cunha 

|

Quarta-feira, 02 de abril de 2014 09:30 am

Marquês de Maricá escreveu


"Queixam-se muitos de pouco dinheiro, outros de pouca fortuna, alguns de pouca memória, nenhum de pouco juízo."


Votos:
Tags: dad    dicas    português    citação    queixar-se    marquês  de  maricá 

|

Quarta-feira, 02 de abril de 2014 08:00 am

Jeitinho de pedir


José Eduardo Cardozo pediu que os brasileiros perdoassem o Brasil? Pediu para que os brasileiros perdoassem o Brasil? Olho vivo! Existem  os dois jeitinhos de pedir. Mas não são sinônimos. Pedir que   significa solicitar. Pedir para esconde a palavra licença.  Quer dizer  pedir licença para fazer alguma coisa: O filho pediu ao pai para dormir na casa do colega (pediu licença, autorização). José Eduardo Cardozo pediu que os brasileiros perdoassem o Brasil.

 

Votos:
Tags: dad    dicas    português    regência    pedir    pedir  que    pedir  para 

|

Quarta-feira, 02 de abril de 2014 12:05 am

Perdão, senhores

Jornais, rádios, tevês, internet tocam a mesma nota. Falam dos 50 anos do golpe que sequestrou a liberdade dos brasileiros. Não satisfeita, a ditadura prendeu, torturou, roubou vidas. Valha-nos, Deus! Xô! Entre as manifestações de repúdio ao 31 de março, sobressai u a do ministro da Justiça. Meio século depois, ele pediu perdão aos  cidadãos . Com o gesto, trouxe à tona o verbo perdoar.  Mais precisamente: o calo da regência . Como lidar com criatura tão generosa? A forma mais comum é esta:


1. Perdoa-se simplesmente: Deus perdoa. Os vingativos nunca perdoam. Perdoa para seres perdoado .


2. Perdoa-se alguma coisa: Deus perdoa os pecados. O professor perdoou a bagunça da moçada. Vamos perdoar a dívida deles?


3. Perdoa-se a alguém: Deus perdoa aos pecadores. A Receita não perdoa aos devedores. Você perdoa aos jogadores que perdem gol? Perdoa-lhes, Senhor.


4. Perdoa-se alguma coisa a alguém: O pai perdoou ao filho as repetidas reprovações. O chefe lhe perdoa as falhas. O povo perdoará aos torturadores a morte de brasileiros?

 

Votos:
Tags: dad    dicas    português    perdoar    regência 

|

Terça-feira, 01 de abril de 2014 04:00 pm

Erramos

"A mãe e o atual companheiro viviam há cerca de seis meses juntos", escrevemos na pág. 25. Uma frase, três cochilos. Um: desperdício: o adjetivo atual sobra. O outro: correlação verbal — imperfeito exige imperfeito. O último: colocação: pra manter a harmonia, o termo menor deve antecedor o maior. Melhor assim: A mãe e o companheiro viviam juntos havia cerca de seis meses.

 

Votos:
Tags: dad    dicas    português    erramos    correlação  verbal    atual    colocação    harmonia 

|

Terça-feira, 01 de abril de 2014 12:05 pm

É assim mesmo


Médico cubano foi encontrado morto em hotel de Brasília. A polícia suspeita de suicídio. Conjuga, então, o verbo suicidar-se . Assim mesmo. Ele é pronominal — sempre, sem exceção (eu me suicido, ele se suicida, nós nos suicidamos, eles se suicidam). O médico terá se suicidado? Sabe-se lá. Talvez tenha se suicidado.

Votos:
Tags: dad    dicas    português    regência    suicidar-se 

|

Terça-feira, 01 de abril de 2014 12:00 pm

Ninguém merece


Nana Queiroz leu a notícia. Não acreditou. Leu de novo. Era aquilo mesmo: pesquisa do Ipea fez descoberta assustadora. Nada menos que 65% dos brasileiros disseram que mulher que mostra o corpo merece ser atacada. Pode? Não pode. Mas há muita gente que pensa desse jeitinho. Ela lançou na internet a campanha #EuNãoMereçoSerEstuprada.


A moblização ganhou adeptos. Até a presidente Dilma lhe manifestou apoio. Pintou, então, uma dúvida. Trata-se da grafia de antiestupro. Com hífen? Sem hífen? Consultado, o dicionário deu a resposta. Anti - joga no time geral. Pede hífen quando seguido de h ou  quando letras iguais se encontram . No caso, i : anti-histórico, anti-horário, anti-imperialista, anti-inflação, mas anticartel, antimachismo, anticristão. E, claro, antiestupro.

 

Votos:
Tags: dad    dicas    português    grafia    hífen    anti    antiestupro 

|

Terça-feira, 01 de abril de 2014 12:00 am

Olha a mentira, gente



Hoje é 1º de abril. Data pra lá de especial, homenageia a criatura que tem perna curta. Mário Quintana a definiu como "a verdade que se esqueceu de acontecer". Raul de Leoni, como "a verdade que não soube encontrar sua ocasião". Machado de Assis, como "tão involuntária quanto a respiração". Seja lá o que for, depois de amanhã ela será lembrada. É o Dia da Mentira. Assim mesmo — data comemorativa, escreve-se com as iniciais assanhadas.

Votos:
Tags: dad    dicas    português    grafia    maiúsculas    dia  comemorativo    dia  da  mentira      de  abril 

|

Segunda-feira, 31 de março de 2014 05:00 pm

Erramos


"Dois alunos baleados em escolas públicas somente este ano são exemplos de um problema constante nas unidades de ensino", escrevemos na pág. 18. Reparou no desperdício? Plural e artigo sobram. Melhor: Dois alunos baleados em escolas públicas somente este ano são exemplo de problema constante nas unidades de ensino .

Votos:
Tags: dad    dicas    português    erramos    falso  plural    artigo  indefinido    desperdício 

|

Segunda-feira, 31 de março de 2014 11:00 am

Molière escreveu


"Todos os discursos são tolices quando ditos por pessoa sem brilho. Seriam palavras deliciosas se fossem ditos por gente ilustre."


Votos:
Tags: dad    dicas    português    citação    molière    discursos 

|

Segunda-feira, 31 de março de 2014 10:00 am

No olho do furacão


A Petrobras está no olho do furacão. É pancada pra todos os lados. Jornais, rádios, tevês e internet divulgam fatos e mais fatos. Ouvem especialistas. Entrevistam diretores. Dão voz aos acionistas. No meio da convulsão, uma pergunta passa de boca em boca. Por que o nome da poderosa empresa não tem acento?


Ele joga no time de cajá, está, sofás. Radiobrás & cia. também pertencem à equipe das oxítonas terminadas em a seguidas ou não de s . A resposta: quando nasceu, Petrobras era Petrobrás. Crescidinha, ganhou o mundo. Precisou, então, de nome globalizado. Optou pelo inglês. Na língua de Shakespeare, o acento não tem vez. Adeus, agudão.


Votos:
Tags: dad    dicas    português    grafia    acentuação  gráfica    petrobras    oxítonas  terminadas  em  a 

|

Segunda-feira, 31 de março de 2014 09:50 am

Homens e homens


"Há quatro espécies de homens. O que não sabe e não sabe que não sabe. É tolo — evita-o. O que não sabe e sabe que não sabe. É simples — ensina-o. O que sabe e não sabe que sabe. Ele dorme — acorda-o. O que sabe e sabe que sabe. É sábio — segue-o." (Sir Richard Burton)

Votos:
Tags: dad    dicas    português    citação    homens    sir  richard  burton 

|

Segunda-feira, 31 de março de 2014 09:00 am

Leitor pergunta


Por que pré-requisito se escreve com hífen e preexistente não? (Maria Lúcia)


O hífen, Maria Lucia, é castigo de Deus. Tem tantas regras e tantas exceções que nem o Senhor dá conta de decorá-las. O jeito? Só há um — consultar o dicionário. Alguns prefixos cometeram pecados mortais. São mais complicados que os irmãozinhos. É o caso de pré, mal e bem. Eles desafiam o bom senso. Pra enfrentá-los, não vale nem chute. Recorra  ao pai de todos nós.

 

Votos:
Tags: dad    dicas    português    grafia    hífen    pré    leitor  pegunta 

|

Sábado, 29 de março de 2014 12:00 am

Diquinhas infantis 12


Hélio, o deus Sol dos gregos


Hélio tem o rosto perfeito. Olhos, nariz, boca, pele, tudo lindo. Mas o que mais chama a atenção nele são os cabelos. Os fios parecem de ouro. Brilham e iluminam gente, bichos, plantas e tudo o mais. O deus do Sol tem uma obrigação — trazer luz e calor aos homens.


Dia após dia, ele faz uma viagem c ompriiiiiiiiiiida . Cedinho, pega um carro de fogo puxado por quatro cavalos brancos que soltam chamas pelo nariz. Parte do leste. Percorre o céu em alta velocidade. Ao meio-dia, chega ao ponto mais alto do trajeto.


Começa, então, a descer em direção ao oeste. Aí, termina o trabalho. Exaustos, Hélio e os cavalos mergulham no mar. Nadam muito. Descansam. Entram numa taça de ouro e navegam a noite toda. De madrugada, chegam ao Oriente. E recomeçam a viagem.

 


Gira, gira


Durante muito tempo, os homens pensavam que o Sol, estrelas e planetas giravam em torno da Terra. Enganaram-se. Eles giram em torno de Hélio, o Sol. Parece brincadeira de roda. Os astros se dão as mãos. Hélio fica no meio. Todos dão voltas. É o heliocentrismo.

 

Dose dupla


Hélio é louro. Também se pode dizer que é loiro. Ele tem cabelos cor de ouro. Ou cabelos cor de oiro. Viu? Louro e loiro, ouro e oiro têm duas formas pra mesma palavra. Legal, não?

 

Família


De cabelo nasceu cabeleira. De cabeleira, cabeleireira. Assim mesmo — com dois ii.

 

Votos:
Tags: dad    dicas    português    diquinhas    hélio    sol 

|

Sexta-feira, 28 de março de 2014 05:00 pm

Erramos


"Guido Mantega pode dizer em alto e bom som que é o mais longevo ministro da Fazenda em períodos democráticos", escrevemos na pág. 9. Acredite: a expressão é alto e bom som. Sem a penetra, o texto fica assim: Guido Mantega pode dizer alto e bom som que é o mais longevo ministro da Fazenda em períodos democráticos.

 

Votos:
Tags: dad    dicas    português    erramos    expressão    alto  e  bom  som 

|

Sexta-feira, 28 de março de 2014 01:00 pm

Em que lugar?


Deputados e senadores não perderam tempo. Convidaram a presidente da Patrobras pra dar explicações aos representantes dos brasileiros.  Graça Foster  topou. A notícia virou manchete. Com ela, uma questão pra lá de embaraçosa. Trata-se da regência do verbo que dá nome à ação.  Sua Senhoria vai depor no Congresso? Ao Congresso? O dicionário de regência responde. Depõe-se em algum lugar: Graça Foster vai depor no Congresso. Deporá na CPI?

Votos:
Tags: dicas    português    regência    depor    Petrobras    graça  foster 

|

Sexta-feira, 28 de março de 2014 12:00 pm

Por falar em depor...


Depor é filho de pôr e irmãozinho dos verbos terminados em -or. Compor, repor, transpor & cia. fazem parte da família pra lá de unida. Toda a  moçada se conjuga tal qual o paizão. Assim: ponho (deponho, componho, reponho, transponho), põe (depõe, compõe, repõe, transpõe), pomos (depomos, compomos, repomos, transpomos), põem (depõem, compõem, repõem, transpõem).


Moleza? Sim. Tão mole quanto andar pra frente ou tirar pirulito de bebê. Mas há um tempo que dá nó em fumaça. Trata-se do futuro do subjuntivo. Não falta quem diga ou escreva "se eu pôr", "se ele compor", "se nós repormos". Você é um deles? Bobeia. O futuro do subjuntivo se forma do pretérito perfeito menos o -am final. Assim: eu pus, ele pôs, nós pusemos, eles puser(am).


Logo: se eu puser (depuser, compuser, repuser, transpuser), ele puser (depuser, compuser, repuser, transpuser), nós pusermos (depusermos, compusermos, repusermos, transpusermos), eles puserem (depuserem, compuserem, repuserem, transpuserem).

Votos:
Tags: dad    dicas    português    depor    regência 

|

Quinta-feira, 27 de março de 2014 05:00 pm

Erramos


“Uma em cada oito jovens de 14 a 20 anos já interromperam uma gravidez”, escrevemos na pág. 8. Uiiiiiiiiiii! Pisamos a concordância. O verbo, no caso, concorda com uma. Assim: Uma em cada oito jovens de 14 a 20 anos já interrompeu uma gravidez.


Votos:
Tags: dad    dicas    português    erramos    concordância  verbal    um  em  cada 

|

Quinta-feira, 27 de março de 2014 01:00 pm

Cochilos da revisão


Flatônio José da Silva

No título "4 pessoas mortas, 14 postes derrubados, 6 mil casas sem luz" (Primeira Página, 27/3), saiu este texto:

"A tragédia parou São Sebastião. Era por volta das 10h30 quando o motorista de um caminhão de bebidas perdeu a direção na íngreme descida da pista principal da cidade" .

Corrigindo: Eram por volta das 10h30 .

Explicação -- Erro de concordância: na indicação de horas, o verbo ser , embora impessoal (sem sujeito), concorda com o predicativo (o número de horas). Portanto: É uma hora. / São duas horas. / Era 1h30. / Eram 16h45.


Votos:
Tags: dad    dicas    português    cochilos  da  revisão    flatônio  josé  da  silva  concordância    horas 

|


« primeira    « anterior    
Mostrando (31-60) de 6924 resultados.