08 de junho de 2011 10:20

Angry Birds e Yoga: como eliminar os porcos verdes da sua vida


Big Red Bird: grande determinação

Se você é viciado em Angry Birds, como eu e a Angelina Jolie, vai gostar de saber desta. Um mestre de Yoga da Chapada dos Veadeiros (GO) tem usado os passarinhos raivosos como metáfora para os ensinamentos milenares "da cultura da autorrealização em yoga".

Pelo visto, nem só de puro ódio e vontade de bater nas pessoas são feitos os efeitos do viciante game que já teve mais de 200 milhões de downloads em celulares. "Ninguém consegue viver na natureza, portanto, para onde devemos olhar nesse reforçar dos antigos ensinamentos? Bem, Angry Birds, por que não?!", diz o professor Giridhari Das.

Para Das, os porcos verdes são os seus inimigos na vida. "Inimigos que roubam a sua felicidade e sua paz de espírito e querem levá-lo a viver uma vida insatisfatória, afastando-nos da grandeza ilimitada que cada um merece".


Para o professor Das, os porcos verdes são
"inimigos que roubam a sua felicidade".

A sua, não a dele, é claro.

Para cada personagem, uma correspondência. Ao buscar a sabedoria (White Bird) e usando a sua inteligência (Yellow Bird), recordando a sua verdadeira natureza (Blue Bird), por praticar a meditação (Black Bird), vivendo uma vida nobre (Boomerang Bird), controlando os seus sentidos, começando com a língua (Red Bird), com grande determinação (Big Red Bird) e buscando sempre a ajuda do Divino (the Mighty Eagle), você pode detonar os porcos verdes de mentalidade destrutiva e conduzir a uma vida esclarecida e abençoada. É mole?

Votos: 0
|


« primeira    « anterior    
Mostrando (1-5) de 1 resultados.
   próxima »    última »